Ao menos duas pessoas morrem em ataque a faca em trem na Alemanha

Pelo menos duas pessoas morreram e sete ficaram feridas em um ataque a faca em um trem no norte da Alemanha — informou a polícia nesta quarta-feira (25).

O ataque ocorreu em um trem regional que liga as cidades de Kiel e Hamburgo, informou um porta-voz da polícia de Flensburg.

O suposto agressor, entre os 20 e os 30 anos, foi detido na estação de Brokstedt, onde a composição foi imobilizada. O motivo do ataque ainda é desconhecido, segundo a polícia.

Vários veículos policiais e ambulâncias chegaram à estação, segundo fotos publicadas pelo jornal Bild. A Deutsche Bahn, empresa ferroviária, anunciou o cancelamento de vários trens.

Há vários anos, as autoridades alemãs estão em alerta pela ameaça jihadista, sobretudo, desde que um atentado com um caminhão reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) matou 12 pessoas em Berlim, em dezembro de 2016. Foi o mais mortal já ocorrido em solo alemão.

As autoridades também monitoram de perto a ameaça de extrema direita, após vários ataques cometidos nos últimos anos.

Testemunhas do ataque descreveram um "cenário de pânico" no trem, reportou o jornal Bild em seu site na internet.

"O ato, cometido no trem regional entre Kiel e Hamburgo, me choca profundamente", disse a ministra regional do Interior, Sabine Sütterlin-Waack.

De 2013 até o final de 2021, o número de islamistas considerados perigosos na Alemanha quintuplicou, chegando a 615 pessoas, segundo o ministério do Interior.

Após uma advertência do FBI, as autoridades alemãs anunciaram, em 8 de janeiro, a detenção de dois iranianos suspeitos de planejar um atentado "islamita" químico com cianureto e rícino.

bur-mat/clp/sag/mb/tt/mvv