Ao ser escolhido capitão, Thiago Silva bate recorde na história da seleção

Thiago Silva vai ser o capitão da seleção brasileira pela 3ª Copa consecutiva (Photo credit should read FABRICE COFFRINI/AFP via Getty Images)
Thiago Silva vai ser o capitão da seleção brasileira pela 3ª Copa consecutiva (Photo credit should read FABRICE COFFRINI/AFP via Getty Images)

O Brasil estreia na Copa do Mundo nesta quinta-feira (24), ao enfrentar a Sérvia, na 1º rodada do Grupo G do mundial. E antes do confronto, o técnico Tite definiu que o capitão da seleção neste mundial será Thiago Silva.

"Eu sempre tive preparado para todas as situações, é um momento especial, agradeço à comissão pela capitania desse jogo. É uma competição de tiro curto, temos de estar preparados para o primeiro confronto, sabemos a pressão e a importância do primeiro jogo. Nervosismo faz parte, estamos bem equilibrados para fazer uma boa", disse o zagueiro, de 38 anos, na entrevista coletiva antes da partida.

Leia também:

Com a definição de Thiago Silva como capitão, o zagueiro bate um recorde: será o primeiro jogador a ser capitão da seleção barsileira em três copas do mundo. Thiago foi o capitão em 2014 e em 2018. Vale lembrar que na Copa da Rússia, Tite fez um rodízio entre ele, Marcelo e Miranda.

"Hoje com certeza sou um cara bem melhor preparado para este momento, super tranquilo e super à vontade aqui dentro, com a confiança de todos. Isto demonstra o quão respeitoso sou com eles, e fico bem tranquilo neste momento", disse o defensor.

Veja os outros capitães do Brasil em Copas.

1930 - Preguinho

Primeiro capitão do Brasil na história das Copas, Preguinho também marcou o primeiro gol da seleção em mundiais. Ídolo do Fluminense, morreu aos 74 anos, em 1979.

1934 - Martin Silveira

O então meio-campista foi o capitão do Brasil na segunda Copa do Mundo, realizada na Itália. Ídolo do Botafogo, morreu aos 61 anos, em 1972.

1938 - Leônidas da Silva

O "Diamante Negro" foi o capitão na terceira Copa do Mundo da história. Inventor da bicicleta e um dos maiores jogadores da história do Brasil, morreu em 2004, aos 90 anos.

1950 - Augusto da Costa

O defensor poderia ter sido o primeiro capitão brasileiro a levantar uma taça de Copa do Mundo. No entanto, o Maracanazo impediu tal feito. Augusto morreu em 2004, aos 83 anos.

1954 - Bauer

Ídolo do São Paulo, o meio-campista foi escolhido o capitão do Brasil na Copa de 1954. Ele morreu em 2007, aos 81 anos.

1958 - Bellini

Primeiro capitão brasileiro a erguer uma taça, Bellini disputaria ainda outras duas Copas do Mundo. O zagueiro morreu em 2013, aos 84 anos.

1962 - Mauro

Pouca gente se recorda, mas o capitão da seleção brasileira de 1962 foi Mauro. O defesor ameaçou não disputar o mundial se não tivesse certeza de que jogaria. Ele foi convocado em 1954 e 1958, mas não jogou. Na época não havia substituição ao longo das partidas.

1966 - Orlando e Bellini

O primeiro rodízio de capitães na história foi no Mundial da Inglaterra. Na época, Orlando e Bellini revezaram a faixa. Bellini se tornou o primeiro jogador a ser capitão do Brasil em duas Copas.

1970 - Carlos Alberto Torres

O capitão do tri, considerada a melhor seleção de todos os tempos, foi Carlos Alberto Torres. O lateral-direito, que virou comentarista esportivo, faleceu aos 72 anos, em 2016.

1974 - Piazza e Marinho Peres

Neste Mundial o Brasil voltou a ter um rodízio de capitães. Piazza e Marinho Peres se revezaram ao longo da Copa. Ambos estão vivos. Piazza é ídolo do Cruzeiro e tem 79 anos. Marinho se tornou treinador após abandonar os gramados. Atualmente está aposentado, aos 75 anos.

1978 - Rivellino e Leão

Outra Copa em que dois jogadores se revezaram com a braçadeira: o meia Rivellino e o goleiro Emerson Leão. Ídolo do Corinthians e Fluminense, Rivellino comenta a Copa de 2022 pela TV Cultura. Já Leão recusou recentemente uma proposta do Santos para ser gerente.

1982 - Sócrates

Um dos ícones da geração que encantou o mundo, mas não venceu a Copa, Sócrates foi o capitão na Espanha, em 1982. O meio-campista morreu aos 57 anos, em 2011.

1986 - Edinho

O então zagueiro Edinho foi o capitão na Copa de 1986, na última dirigida por Telê Santana. Atualmente, Edinho é coordenador técnico do Tombense.

1990 - Ricardo Gomes

Na Copa de 1990, o técnico Sebastião Lazaroni escolheu Ricardo Gomes para ser o capitão da equipe. Atualmente, o ex-zagueiro é um dos observadores da seleção brasileira.

1994 - Raí e Dunga

Raí começou a Copa como capitão. No entanto, quando foi para a reserva, a braçadeira passou para Dunga, que levantou a taça do tetracampeonato mundial.

1998 - Dunga

Em 1998, Dunga se tornou o segundo jogador a ser capitão da seleção em duas Copas, igualando Bellini.

2002 - Cafú

Na conquista do penta, Cafú foi o capitão da seleção. O então lateral-direito protagonizou uma das cenas mais clássicas da história do mundial ao subir em uma plataforma improvisada e erguer a taça.

2006 - Cafú

Na Alemanha, Cafú se tornou o terceiro jogador da história do Brasil a ser o capitão da seleção em duas Copas. No entanto, não repetiu o sucesso da primeira vez. A equipe fracassou e caiu diante da França, nas quartas de final.

2010 - Lúcio

Pentacampeão em 2002, Lúcio era um dos mais experientes daquele grupo comandado por Dunga. O zagueiro, portanto, foi o capitão da seleção que caiu nas quartas de final para a Holanda.

2014 - Thiago Silva

Na Copa do Brasil, Thiago Silva foi escolhido o capitão da equipe. O zagueiro ficou marcado por chorar copiosamente após a disputa de pênaltis em Brasil e Chile, nas oitavas de final. Foi duramente criticado pela imprensa e pelos torcedores.

2018 - Thiago Silva, Marcelo e Miranda

No primeiro Mundial em que Tite foi o treinador, ele optou por revezar a braçadeira. Ao longo dos cinco jogos da Copa, Thiago Silva, Marcelo e Miranda foram os capitães. A seleção caiu nas quartas de final para a Bélgica.

2022 - Thiago Silva

O zagueiro do Chelsea foi o escolhido para ter a braçadeira de capitão neste mundial. Ao entrar em campo, será o primeiro jogador a realizar tal feito em três Copas.