Ao vivo: CPI da Covid ouve sócio da VTC Log, suspeita de favorecimento em contratos com a Saúde

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O sócio da VTC Log, Raimundo Nonato Brasil, presta depoimento nesta terça-feira à CPI da Covid no Senado. A empresa de logística, encarregada do transporte de medicamentos e vacinas, é investigada por suspeita de corrupção e sobrepreço em contrato com o Ministério da Saúde.

ASSISTA AO VIVO

Nonato Brasil foi escolhido para depor após Carlos Alberto Sá, principal responsável e dono da empresa, encaminhar à comissão um atestado em que alega não poder dar depoimento por estar tratando um câncer. Mesmo com sua substituição por Nonato Brasil, Andreia Lima, presidente da VTC Log, procurou senadores na semana passada para tentar cancelar a oitiva, mas não teve sucesso.

A empresa utilizava saques em dinheiro para quitar boletos cuja finalidade é investigada pela CPI. O motoboy Ivanildo Gonçalves da Silva foi ouvido na comissão e admitiu que chegou a retirar mais de R$ 400 mil de uma só vez para pagar contas pela firma. O funcionário sacou quase R$ 5 milhões em quantias fracionadas. Senadores da colegiado querem questionar Nonato sobre esses pagamentos.

Nonato Brasil recebeu um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF) que permite que ele fique em silêncio durante o depoimento para que não produza provas contra ele mesmo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos