Aos 27 anos, empreendedor fatura R$ 37 milhões com clínicas odontológicas

·2 min de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • Em 2021, a 'Oral Brasil', rede de clínicas odontológicas premium, faturou R$ 38,6 milhões;

  • Em 2022, o empresário por trás do negócio quer dobrar o faturamento e ter 30 unidades ativas;

  • A 'Oral Brasil' teve crescimento de 40% em vendas durante a pandemia.

O ato de empreender tem se tornado cada vez mais presente nas vidas dos jovens brasileiros. E para Dionatan de Marchi, 27, não foi diferente. Com pouca idade, o jovem empreendedor já é dono da ‘Oral Brasil’, uma rede de franquias de clínicas odontológicas premium.

Em 2021, o empresário faturou cerca de R$ 38,6 milhões por meio de 16 clínicas ativas. Para 2022, Marchi quer dobrar os valores, de forma a ter 30 unidades em funcionamento.

Contudo, o sucesso do empreendedor não veio da noite para o dia. Trabalhando desde os 14 anos de idade, o jovem começou a se empenhar na linha de produção da empresa de estofados do avô.

Leia também:

Após dois anos na área, Machi entrou para uma faculdade de odontologia em Curitiba, no Paraná, alimentando o sonho de ter a própria clínica. Depois de economizar o dinheiro da venda de carros usados, abriu a primeira loja na cidade natal.

Nesse período inicial, o empreendedor trouxe dois amigos para a empreitada. Contudo, ele afirma que a falta de noção de marketing e de negócios fez a empresa quase fechar. Foi após investir na divulgação correta que os resultados positivos começaram a aparecer.

Na mesma época, o jovem havia conquistado uma outra vaga de trabalho por meio do concurso público, tendo, portanto, que dividir o tempo entre duas áreas diferentes.

O público da clínica se concentrava em pacientes com menor condição financeira. Machi diz que uma unidade chegou a ter 3 mil clientes ativos.

Contudo, o empresário afirma que “nadava na onda” das clínicas populares, setor em moda na época, mas que precisava encontrar um diferencial para durar no mercado. Foi quando decidiu entrar no nicho de um público premium.

Desse modo, em 2015, Machi abriu uma loja de mil metros quadrados com diversos atendimentos específicos e concentrados no novo público. Assim, de fato, surgiu a ‘Oral Brasil”.

O modelo de franquias veio por volta de 2018, após o interesse de investidores. O empresário afirma que o novo modelo de atendimento premium era uma lacuna no setor, que prezava pela quantidade e não pela qualidade.

Fugindo das estatísticas gerais da pandemia, durante o período, a ‘Oral Brasil’ cresceu por volta de 40% nas vendas, já que clínicas permaneceram abertas.

Atualmente, o empresário quer se estender pelo Brasil e também no exterior, em regiões como Europa e Emirados Árabes.

Para ter um franquia da rede é necessário desembolsar entre R$ 600 mil e R$ 1,8 milhão, a depender da estrutura. A taxa de franquia está inclusa no valor. A estimativa de retorno financeiro é de até 24 meses.

As informações são do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos