Aos 45 anos, homem que nasceu sem pênis recebe implante e perde a virgindade

Homem que nasceu sem pênis recebe implante e perde virgindade – Reprodução

Um dos motivos de orgulho de todo homem é seu órgão sexual. Muitos se gabam pela quantidade de sexo que já fizeram e também do tamanho de seu pênis (o que, na maioria das vezes, é exagero). Agora imagine um homem nascer sem pênis.

Leia mais: Homem quebra o pênis por conta de brincadeira da filha

A condição é rara, mas existe e é chamada de extrofia da bexiga. Ela faz com que a bexiga se forme na parte externa do corpo, o que elimina o pênis. Apenas uma em 20 milhões de pessoas sofrem dessa condição e uma delas é o inglês Andrew Wardle.

Envergonhado, Andrew manteve sua drama em segredo durante quase toda sua vida, até que ele resolveu contar a história no documentário O Homem Sem Pênis. A produção é de 2015, realizada pela Discovery Networks International.

Este ano, o rapaz volta a ser notícia, pois finalmente recebeu um implante peniano e perdeu sua virgindade aos 45 anos. A cirurgia foi feita no London’s University Hospital e durou cerca de 10 horas para que o órgão biônico fosse implantado.

A pele que cobre a prótese foi retirada de seu antebraço esquerdo e o resultado foi um sucesso. Andrew teve que esperar seis semanas para ter uma relação sexual e seu pênis precisou se manter ereto durante dez dias. Ele usa um mecanismo aplicado em sua virilha, que faz com que a prótese infle ao ser acionado.

Após o período de recuperação, Andrew teve sua tão esperada noite de amor com a namorada Fedra Fabian, que conheceu em um acampamento de férias que trabalharam juntos. “Fedra tinha marcado uma viagem romântica a Amsterdã (Holanda). Toda a manhã, eu tinha que testar o órgão e mantê-lo ereto por 20 minutos. Dois dias antes de partirmos, aconteceu. Foi legal e natural, como eu queria que fosse”, disse Andrew ao Metro.

Leia mais: Médico garante aumentar tamanho do pênis com injeções de R$ 96 mil

Agora, o casal pretende se casar e já planejam ter filhos e Andrew nunca se sentiu tão feliz em sua vida. “Agradeço aos cirurgiões por poder curtir a minha vida”.