Aos 85, Judi Dench é a mulher mais velha a ser capa da 'Vogue' britânica

A atriz britânica Judi Dench se tornou a mulher mais velha a ser capa da edição britânica da revista "Vogue". Aos 85 anos, ela estrela a edição de junho da publicação.

Dench foi fotografada antes de o Reino Unido aderir ao isolamento social necessário para combater o novo coronavírus. A entrevista foi feita depois, quando a atriz já estava isolada, em Surrey, onde vive com o companheiro, o conservacionista David Mills, de 77 anos.

Para a revista, Dench diz que não pensa em aposentadoria: "Não, não, não, não. Não use essa palavra. Não nesta casa. Aqui não. Lave sua boca."

A atriz também afirmou que não pensa na idade e, quando perguntada se gosta de alguma coisa em seus 85 anos, ela disse: "Eu não gosto. Eu não penso sobre isso. Não quero. Dizem que a idade é uma atitude."

Durante a entrevista, Dench também discutiu a pandemia de Covid-19 e pediu que as pessoas olhem para quem vive sozinho.

"Tenho certeza qter uue sinto como todos, esses tempos sem precedentes são difíceis de compreender. O bom é que deixou as pessoas alertas para os que estão sozinhos. Se gentileza sair disso, então já será um ganho."

A filha de Dench, Finty Williams, falou sobre a estreia de sua mãe na "Vogue":

"Essa coisa da idade, eu acho, afeta a maneira como ela se sente. Então acho que ser chamada para ser capa de uma revista aos 85 anos deu uma injeçã ode confiança nela, como se dissesse "Ah, talvez eu esteja bem. Depois do Photoshop, ela literalmente pensa que é a Beyoncé".

O título de mulher mais velha a ser capa da "Vogue" britânica pertencia à atriz Jane Fonda, que em 2019, aos 81, posou para uma edição da revista dedicada a romper barreiras de idade.

Na época, o editor da revista, Edwad Enninful, explicou que , para ele, é importante ter pessoas de todas as idades, gêneros e etnias na revista.

"Para mim, promover a diversidade não é só sobre gênero ou etnia. Ver esse grupo de mulheres de mais de 50 anos na edição prove que a idade de uma pessoa será sempre um fator mais intrigante, com nuances e inspirador do que um simples número sugere.

Sobre Dench, ele disse que que a atriz não gosta de ser chamada de "tesouro britânico, mas é isso o que ela é. Agpora mais do que nunca."