Após 5 semanas foragido, criminoso aluga helicóptero para se render em delegacia da Nova Zelândia

·1 minuto de leitura

Um criminoso que passou cinco semanas foragido alugou um helicóptero para viajar até uma delegacia de polícia e se render. O fato inusitado ocorreu na tarde de quinta-feira em Dunedin, na Nova Zelândia.

O criminoso se chama James Bryant, de 32 anos, e enfrenta acusações de agressão, porte de faca e comunicações prejudiciais em meio digital. Ele estava em liberdade condicional e afirmou à imprensa local que seu tempo de fuga em Waianakarua, no distrito de Otago, havia sido "ótimo", mas que ele estava pronto para sair "do meio do nada".

Em entrevista ao jornal Otago Daily Times, Bryant disse que "havia feito muito ioga", mas finalmente decidiu se entregar porque estava preocupado em ser rotulado como perigoso diante da população. Após a fuga, a polícia havia emitido um alerta de que Bryant era "considerado perigoso e não deveria ser abordado".

O advogado Arthur Taylor, que representa Bryant e intermediou a prisão, disse que levou o cliente para tomar champanhe e comer ostras no caminho até a delegacia. Segundo o advogado, o próprio Bryant pagou pelo helicóptero porque "queria sair com estilo".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos