Após alta de internações por Covid, Niterói anuncia fechamento de bares, escolas e salões de beleza

Giovanni Mourão
·2 minuto de leitura

NITERÓI — Entre os dias 16 de março e 4 de abril, está proibido o funcionamento de salões de beleza, barbearias, clubes e parques, assim como o atendimento presencial em bares, lanchonetes, restaurantes e quioques. O anúncio, feito pelo prefeito Axel Grael em pronunciamento feito hoje à tarde, ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes, é decorrente do forte aumento de internações por Covid-19 na cidade.

Museus, bibliotecas, cinemas, teatros, boates, salões e casas de festa também foram incluídas entre os espaços com atividades suspensas. Nos hospitais, cirurgias e procedimentos eletivos também ficarão suspensos, bem como atividades em creches, e unidades de ensino infantil, fundamental, médio e superior.

O decreto também suspende o funcionamento de escolas de esportes, música, arte, cultura, cursos de idioma, cursos profissionalizantes e autoescolas, feiras, exposições, seminários, e eventos similares.

A permanência de pessoas nas ruas entre 23h e 5h permanece proibida.

Aumento de internações

A mais recente planilha de indicadores da pandemia da prefeitura aponta que, no último dia 18, havia 228 pacientes internados em leitos de UTI por Covid-19: um aumento de 55% no comparativo com os dados de 14 dias antes, quando eram 147. As internações clínicas tiveram um crescimento ainda maior no período, subindo 92%: de 91 para 175.

Contudo, segundo o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, entre o dia 18 até esta segunda-feira, a ocupação em UTIs apresentou piora ainda mais acentuada, indo de 51% para mais de 90%.

— Houve uma forte pressão, nas últimas semanas, na taxa de crescimento de internados em UTI. Esse aumento tão expressivo em três dias (entre 16 e 21 de março) nos preocupa muito e não se compara ao que ocorreu na primeira onda. Por isso, a prefeitura e os especialistas sinalizam a necessidade de medidas duras para a proteção da vida — disse o secretário, que também esteve presente no pronunciamento.

Até a noite de domingo, Niterói somava 30.347 casos confirmados de Covid-19, que resultaram em 887 mortes. A taxa de letalidade da doença na cidade é de 2,9%.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)