Após alta, MC Gui rebate críticas de que internação foi castigo: 'Deus perdoa'

Após um dia internado, MC Gui teve alta na quarta-feira e foi ao Instagram desabafar após ver comentários de que seu problema de saúde foi castigo de Deus. No ano passado, o cantor se envolveu numa polêmica por ter feito um vídeo rindo de uma menina durante férias na Disney, nos EUA. Nos stories, o artista, de 21 anos, se defendeu e disse que só deseja energias positivas.

"Obrigada pelas energias positivas, mas vi muita gente falando que eu estava internado e era castigo de Deus. Lembrando que Deus não castiga, Deus perdoa. Todo mundo erra. Tudo o que você deseja ao próximo, volta para você.  Eu sempre desejei coisas boas, energia positiva e vou continuar fazendo isso", disse Gui, que continuou o desabafo: "Através de um teclado e um celular, as pessoas se tornam juízes. Até quando alguém está internado ou numa fase ruim da vida, as pessoas continuam jogando pedra, atacando e apontando, mas o mundo gira.

MC Gui foi internado no hospital São Luiz, em São Paulo, após estourar um músculo do trapézio (região abaixo do pescoço) por conta de excesso de atividade física. O cantor se machucou enquanto treinava na academia do seu prédio, segundo informou o pai do artista, que negou as primeiras informações dadas por pessoas próximas de que Gui pudesse ter contraído coronavírus.

Apesar de a família ter negado a internação por conta do coronavírus, depois de exames foi confirmado que o cantor tinha anticorpos para a Covid-19. Seu pai acredita que ele e a família contraíram o vírus no início da pandemia.