Após aprovar cinco substituições e suspender limite de público, Uefa estuda aumentar número de convocados para a Euro

O Globo
·2 minuto de leitura

Em reunião de seu comitê executivo, a Uefa anunciou duas medidas de impacto direto na realização da Eurocopa 2020, prevista para 11 de junho. Foram confirmadas cinco substituições, em alinhamento com a Fifa, e o limite de público de 30% da capacidade das arenas, definido em outubro, foi suspenso. Segundo o jornal inglês "Telegraph", a próxima medida da confederação pode ser o aumento no número de convocados para o torneio.

As decisões fazem parte de uma série de medidas para garantir a realização do torneio em meio à pandemia do novo coronavírus, uma realidade ainda muito presente no velho continente. A Euro esteve na lista de uma série de competições, como a Olimpíada de Tóquio, que acabaram adiadas por conta do cenário.

Segundo o diário, já há conversas para o aumento em andamento, e há a a possibilidade de adição de uma lista de reservas, assim como acontece na Copa do Mundo. Atualmente, as seleções têm de entregar uma lista com 23 nomes para participar da competição.

Rússia garante público de 50%

No mesmo dia em que a Uefa decidiu suspender o público mínimo em suas competições e delegar às autoridades e federações locais a definição da capacidade, o comitê organizador de São Petesburgo, na Rússia, divulgou o número de torcedores que autorizará. Segundo Alexey Sorokin, chefe do comitê, serão permitidos até 50% de torcedores em relação à capacidade da Gazprom Arena, uma das sedes do torneio. A capacidade total do estádio é de 68 mil torcedores.

— A cidade e o comitê estiveram trabalhando em uma notificação que será enviada à Uefa antes do dia 7 de abril. Eles devem dar seu veredito no dia 9. Acreditamos que não farão cortes nesse número, já que isso é uma prerrogativa da cidade. Para nós, aprovarão o plano — disse Sorokin, em declarações reproduzidas pela emissora estatal RT.

A Uefa deu o prazo até o citado dia 7 para que as cidades-sedes informem o quantitativo de público permitido para a Euro. As decisões finais devem ser anunciadas após reunião do comitê executivo no dia 19.