Após boato, hospital informa que Olavo de Carvalho segue internado

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — Um boato sobre a saúde do filósofo bolsonarista Olavo de Carvalho movimentou as redes sociais nesta quarta-feira. Uma das filhas do Olavo, Heloísa de Carvalho, que é brigada com o pai, escreveu no Twitter que ele poderia ter morrido. O Instituto do Coração do Hospital de Clínicas de São Paulo (Incor) informou, porém, que Olavo continua internado, e Heloísa publicou um novo post para se corrigir.

A notícia figurou entre os assuntos mais comentados no Twitter. Segundo a primeira publicação de Heloísa, Olavo teria falecido e seus apoiadores estariam “segurando a notícia” para inflar os protestos em favor do governo, marcados para o próximo dia 7.

O Incor informou que Olavo segue internado e "com quadro clínico estável". Ele foi hospitalizado em 9 de agosto com insuficiência cardíaca e renal aguda e infecção sistêmica. O hospital informou ainda que novo boletim médico será divulgado apenas quando o filósofo receber alta, para a qual ainda não há previsão.

No Twitter, Heloísa corrigiu a informação em nova publicação e afirmou que "o guru ainda tá internado e na mesma situação". Ela publicou, então, uma foto do boletim médico divulgado em 14 de agosto pelo hospital.

Mais velha dos oito filhos de Olavo, Heloísa rompeu com o pai em 2017 e é crítica do escritor e suas ideias desde então. Em junho, ela se filiou ao PT. Ela costuma criticar publicamente os seguidores fiéis do escritor e do presidente Jair Bolsonaro, a quem chama de "bolsolavetes".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos