Após cancelamento, Guedes tem férias reestabelecidas

O Globo
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — Após ter suas férias canceladas, o ministro da Economia, Paulo Guedes, teve o período de descanso reestabelecido e irá interromper o trabalho até o dia 8 de janeiro. As férias começam a partir desta segunda-feira. A autorização do presidente Jair Bolsonaro para as férias foi publicada nesta segunda no Diário Oficial da União (DOU).

Inicialmente, o período de descanso estava previsto para ocorrer entre os dias 18 de dezembro a 8 de janeiro. Entretanto, as férias foram interrompidas logo no primeiro dia. Na ocasião, o Ministério da Economia afirmou que não havia motivo específico e que o ministro havia decidido seguir trabalhando pois continuaria em Brasília na semana seguinte.

Nesta segunda-feira, também foram autorizadas as férias de outros dois ministros: André Mendonça (Justiça), entre 23 e 31 de dezembro; e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), entre 4 e 11 de janeiro.