Após chuvas, mais de 100 famílias ficam desabrigadas no interior do Rio Grande do Sul

Após chuvas, mais de 100 famílias ficam desabrigadas no interior do Rio Grande do Sul

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mais de 100 famílias tiveram que deixar suas casas no último fim de semana, na cidade de Santa Rosa, no noroeste do Rio Grande do Sul. O município foi atingido por fortes chuvas que provocaram alagamentos em vários bairros da cidade e na zona rural, na madrugada de sábado (8) para domingo (9). As informações são da Agência Brasil.

Segundo a Prefeitura de Santa Rosa, o volume de precipitação foi de 207 milímetros de chuva em um período de apenas 18 horas. A maior parte dos casos foi registrada às 2h e às 4h da madrugada de domingo, período em que a chuva caiu com maior intensidade.

"Algumas casas ficaram com água na metade da parede, com todos os móveis, mantimentos e eletrodomésticos inutilizados. Em poucos minutos, alagou tudo, não teve como as pessoas retirarem tudo"‘, disse a secretária de Desenvolvimento Social do município, Ivete Corrêa. A prefeitura chegou a oferecer o Centro de Eventos da cidade para abrigar as famílias atingidas, mas, segundo Ivete, as vítimas preferiram ficar em casas de parentes e amigos até recuperarem suas casas.

O volume de chuva também provocou enchente nos rios Pessegueiro e Pessegueirinho, que passam por Santa Rosa. Parte das famílias atingidas morava em casas às margens dos cursos d’água. Segundo a secretária, quatro pontes de escoamento de safra na zona rural do município foram arrancadas pela correnteza provocada pelas chuvas.

A Defesa Civil de Santa Rosa ainda avalia os estragos para estimar o tamanho do prejuízo causado pela tempestade do fim de semana. A prefeitura do município já realiza campanhas de arrecadação de alimentos, roupas e móveis em vários pontos da cidade, especialmente em supermercados.