Após citar o ator Jim Carrey em gafe, Bolsonaro vira alvo de piada em programa norte-americano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente Jair Bolsonaro virou tema de uma esquete de humor no programa “The Late Show”, dos Estados Unidos. Na segunda-feira, em comitiva oficial em Anguillara Veneta, na Itália, ele cometeu uma gafe e confundiu o enviado especial dos Estados Unidos para questões climáticas, John Kerry, com o ator e humorista Jim Carrey. A confusão rendeu uma série de piadas do apresentador Stephen Colbert, que usou títulos de filmes de Carrey para criticar a política ambiental dos países na COP26.

Ao comentar a fala de Bolsonaro, Colbert sugeriu que não foi uma confusão, mas que o presidente de fato quis se referir ao humorista.

“Muita gente acha que ele quis dizer o enviado dos Estados Unidos para o Clima, Jonh Kerry, mas eu acho que ele quis dizer Jim Carrey. Afinal, muitos países prometeram reduzir emissões, mas eu digo: mentiroso!”, afirmou, usando o filme “Liar Liar” (em português, “O Mentiroso”), do humorista norte-americano, para iniciar seu jogo de palavras.

O apresentador seguiu usando títulos de filmes de Carrey para fazer trocadilhos e criticar a postura de países que integram a COP26, com promessas para a redução das emissões de gases poluentes.

“Para acreditar neles, você precisar ser ‘Debi & Loide’”, continuou Colbert, antes de dizer que nem o “Todo Poderoso” vai proteger a Terra dos efeitos do “Brilho Eterno”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos