Após conselho de Tebet, Lula e apoiadores usam roupa branca para votar: 'Pela paz'

Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à Presidência pelo PT, e seus aliados estão optando por ir às urnas, neste domingo, para o segundo turno das Eleições, com alguma peça de roupa na cor branca. Lula, que segurava uma rosa branca na mão, usou uma camisa branca, assim como a mulher, Rosângela da Silva, a Janja, o candidato a vice Geraldo Alckmin (PSB), o candidato do PT ao governo de São Paulo, Fernando Haddad (PT), a deputada federal eleita Marina Silva (Rede) e o deputado federal André Janones (Avante-MG). No primeiro turno, Lula usou uma camisa azul.

A mudança no visual, que começou em eventos de campanha no início do mês de outubro, atende a conselho dado pela senadora Simone Tebet (MDB-MS), que, derrotada no primeiro turno, declarou apoio ao petista no segundo turno. Segundo a assessoria do candidato, a escolha pela cor é algo simbólico "pela paz".

À época, a emedebista chegou a dizer que era preciso “tirar o vermelho da rua” para não assustar eleitores conservadores.

Lula apareceu de branco em passagem pelo Rio, quando no último dia 13, fez caminhada em Belford Roxo, município da Baixada Fluminense. Desde então, o vermelho deu lugar ao branco.

A própria Tebet, que já votou neste domingo, estava com uma camisa branca quando compareceu à Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, em Campo Grande (MS), logo no início desta manhã.

E até Ciro Gomes (PDT), candidato à presidência derrotado no primeiro turno, optou pelo branco ao votar em Fortaleza. Ele, que evita falar em apoio a Lula de forma direta, disse que votou alinhado a seu partido.