Após crises de tosse, jovem do Reino Unido descobre câncer aos 20 anos

·2 min de leitura

Crises de tosse, ar-condicionado e perda de peso. Foi assim que Laura Balazs do Reino Unido, descobriu um câncer aos 20 anos de idade. Os primeiros sintomas de tosse surgiram e ela acreditava estar relacionado ao ar condicionado do seu trabalho, que ficava ligado 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Depois de algumas semanas, a mãe de Laura, Gizella Gombosne, a levou no médico, que a diagnosticou com asma e a mandou para casa com um inalador. No entanto, o sintoma não mudou e se tornou mais intenso, o que começou a deixá-la doente. Após ter ido diversas vezes no hospital, um clínico geral começou a suspeitar de que Laura pudesse realmente ter câncer.

Ao The Sun, Laura, que era estudante de teatro musical e trabalhava em uma lanchonete, em Redditch, disse que foi então, que ela recebeu o diagnóstico de linfoma não Hodgkin (LNH).

– Eles dizem para você não pesquisar no Google – diz ela.

O linfoma não Hodgkin é um câncer do sistema linfático, que afeta mais de 13.000 britânicos todos os anos e é o sexto tipo de câncer mais comum em adultos no Reino Unido. A causa exata da doença não é conhecida, no entanto, aqueles que têm um parente próximo com a doença correm um risco ligeiramente maior. Laura acrescenta:

– Eu estava prestes a completar 21 anos e tive que iniciar o tratamento um mês antes do meu aniversário de 21 anos. Passei meus 21 anos no hospital – contou a jovem, agora com 24 anos.

Depois de comemorar o Ano Novo daquele ano, a condição de Laura começou a se deteriorar. Ela teve que ser colocada em coma induzido.

– Quando acordei, mal reconheci minha família e me recusei a falar inglês com as enfermeiras, apenas minha língua nativa húngara – diz Laura, que passou por sete dias de quimioterapia e um transplante de células-tronco.

– Depois da quimioterapia eu me senti muito ansiosa, é como se você estivesse nessa bolha e ela estoura – contou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos