Após criticar Neymar, Felipe Neto exclui publicação sobre jogador: 'Não é meu papel'

Felipe Neto: grande repercussão com participação em programa de TV

Depois de criticar Neymar por não se manifestar sobre os casos de racismo no Brasil e nos Estados Unidos na manhã desta segunda-feira, dia 1º, Felipe Neto excluiu a publicação que cobrava um posicionamento do jogador do Twitter. O youtuber justificou que apagou o post após integrantes do movimento negro alegarem que ''um branco não deve cobrar de um negro sobre pautas racistas''.

''Apaguei o tweet sobre o silêncio do Neymar após mensagens de integrantes do movimento negro, mostrando que um branco não deve cobrar de um negro sobre pautas racistas. De fato, não é meu papel cobrar o Neymar sobre isso. Vou seguir tentando ajudar, aprendendo e corrigindo quando errar'', explicou o empresário.

Apesar de ter excluído as críticas a Neymer, Felipe Neto afirmou que continua condenando o silêncio do atleta diante dos casos de racismo:

''Isso não muda o fato de eu condenar o silêncio do jogador, que é disparado o maior influenciador digital brasileiro no mundo. Ele se silencia a respeito de quase todas as pautas humanitárias e sociais que assolam seu país de origem e se espalham pelo planeta.''

Por fim, o youtuber voltou a falar que não pedirá posicionamentos do jogador sobre pautas raciais.

''Contudo, entendi que o papel de cobrar posicionamento do Neymar acerca de pautas que envolvem o racismo não cabe a um branco. Continuarei cobrando quando o assunto for Amazônia, fascismo e opressão. Coisas que ele sempre se manteve calado'', justificou. 

 

Felipe Neto ainda alterou sua biografia no microblog para ''Lacrador, insuportável, fiscal de não postagem alheia e que só falta o óbvio'', ironizando as críticas de que estaria exigindo posicionamento político de outras celebridades para ganhar visbilidade nas redes sociais. ''Pronto. Agora, sim, a bio do Twitter tá certa'', escreveu ele.