Dólar dispara e supera R$ 4,25 após declaração polêmica de Guedes

O Globo, com agências
Dólar mantinha trajetória de alta frente ao real

O dólar mantinha a trajetória de alta e registrava fortes ganhos em relação ao real no início desta terça-feira, chegando a superar os R$ 4,25, com os investidores pessimistas após o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmar que não está preocupado com a moeda americana.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Às 9h13m, a moeda americana avançava 0,79%, a R$ 4,2481 na venda, após atingir pouco depois da abertura os R$ 4,2540.

Leia também

Na segunda-feira, o dólar à vista encerrou a sessão regular em alta de 0,53%, a R$ 4,2150, superando o recorde anterior para um fechamento de R$ 4,2061 na semana passada.

O contrato mais negociado de dólar futuro registrava alta de 0,45% na B3, a R$ 4,247.

Na noite de segunda-feira, depois de evento no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington, Paulo Guedes afirmou que o Brasil tem uma moeda que caminha para a conversibilidade, cuja cotação ‘às vezes varia, às vezes sobe um pouco, às vezes cai um pouco, não tem problema nenhum.”

Nesta terça-feira, ao deixar o Palácio da Alvorada, ao comentar as declarações de Guedes sobre o câmbio, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que vê "prós e contras" no fato de o dólar ter atingido R$ 4,213 —, mas que, ao mesmo tempo, torce para uma queda na cotação.

— Vi e ouvi. Se ele falou, está falado. Espero que caia, torço, assim como torço que caia a taxa Selic. Torço que aumente nossa credibilidade junto ao mundo. Agora, a economia, como eu disse, eu sou o técnico de futebol, quem entra em campo são os 22 ministros. O Paulo Guedes está jogando na economia. Se você for analisar na ponta da linha, tem vantagens pró e contra no dólar a R$ 4,21, como está agora — disse Bolsonaro.

O Banco Central ofertará neste pregão até 15.700 contratos de swap cambial reverso e até US$ 785 milhões em moeda spot. Em caso de venda parcial ou não colocação dessas ofertas, a autarquia leiloará contratos de swap tradicional, para rolagem do vencimento janeiro de 2020.