Após deixar o Fluminense no fim do contrato, Bobadilla se reapresenta ao Guaraní, do Paraguai

·1 min de leitura


Um dos jogadores que não foi aproveitado pelo Fluminense após o fim do contrato, o atacante Raúl Bobadilla se reapresentou ao Guaraní, do Paraguai. Emprestado até dezembro, o jogador não estava nos planos do Tricolor, que optou por não exercer a opção de compra fixada em U$ 150 mil dólares (cerca de R$ 830 mil na cotação atual).

O Flu chegou a avaliar a possibilidade, mas o valor foi considerado alto pelo que o jogador entregou ao longo da temporada. Aos 34 anos, Bobadilla voltou ao clube no último fim de semana e tem contrato por mais um ano.

Um dos nomes do pacotão de reforços para a Libertadores, Bobadilla chegou ao Fluminense para ser o terceiro nome do ataque ao lado de Fred e Abel Hernández. Em certo momento, chegou a ser o reserva imediato, mas perdeu espaço especialmente com o crescimento de John Kennedy na reta final do Brasileirão.

No total, foram 30 jogos (apenas cinco como titular), quatro gols e uma assistência. Essa foi a primeira experiência do argentino naturalizado paraguaio no Brasil. Além do Guaraní, do Paraguai, o centroavante também tem passagens por River Plate e Argentino Juniors na Argentina, por Young Boys e Basel na Súiça e por Borussia Mönchengladbach e Augsburg no futebol alemão.

Bobadilla - Guarani
Bobadilla - Guarani

Bobadilla em treino do Guaraní (Foto: Divulgação/Guarani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos