Após deportação da Austrália, mais de 8 mil pessoas acompanham voo de Djokovic ao vivo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O voo EK409, da Emirates Airlines, é o mais acompanhado do FlighRadar24, site especializado em monitoramento de aeronaves ao redor do mundo, neste domingo. Mais de 8 mil pessoas acompanham o trajeto da aeronave que leva o tenista Novak Djokovic, deportado da Austrália, a Dubai, nos Emirados Árabes.

O tenista perdeu o último recurso que acionou na Justiça australiana neste domingo, horas antes do que seria sua estreia no Australian Open. Ele tentava reverter o cancelamento de seu visto, medida do ministro da Imigração do país, Alex Hawke. Com isso, foi ordenada sua deportação, que ocorreu poucas horas após o julgamento. Seu voo decolou por volta das 8h55.

"Recebo com satisfação a decisão unânime da Corte Federal da Austrália, que sustentou minha decisão de exercer meu poder sob o Ato de Migração e cancelar o visto do Sr. Novak Djokovic por razões de interesse público. Posso confirmar que o Sr. Djokovic deixou a Austrália", escreveu Hawke, em seu perfil no Twitter.

Entenda o caso

Djokovic tentava reverter o cancelamento de seu visto, medida de Hawke. O sérvio vinha em longa batalha política e judicial para tentar entrar no país sem que esteja vacinado contra a Covid-19. Em um primeiro julgamento, o juiz Anthony Kelly liberou sua entrada no país, e o tenista chegou a treinar nas quadras de Melbourne. Mas na sexta-feira, Hawke usou do seu poder para cancelar a autorização e o atleta acabou detido por agentes de imigração no sábado, dois dias antes do Australian Open.

Dias antes, Djoko já havia passado algumas noites num centro de detenção de imigrantes assim que chegou ao país. As autoridades da fronteira não consideraram suficientes as alegações do tenista de que havia recebido uma exceção médica do governo do estado de Victoria e da Tennis Australia, organizadora do Australian Open, para entrar no país sem o imunizante, uma vez que havia se contaminado com o vírus no dia 16 de dezembro.

Djokovic é o atual e maior vencedor do Australian Open, com nove troféus. O sérvio está empatado com Roger Federer e Rafael Nadal como recordista histórico de Grand Slams, os quatro principais torneios do tênis — dos quais o campeonato australiano faz parte. Cada um ganhou 20 títulos. Com a deportação, perdeu uma das chances de tornar-se recordista absoluto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos