Após derrota para o Flamengo no STJD, clubes elaboram ofício e pedirão à CBF adiamento de jogos

·2 minuto de leitura

Os 19 clubes da Série A, revoltados com a derrota para o Flamengo no STJD em relação à presença de torcida, preparam uma última cartada. Um ofício será destinado à CBF solicitando que sejam cumpridas as determinações do último Conselho Técnico, que definiu a isonomia na volta do público nas competições nacionais.

Com isso, a intenção é adiar a rodada do Brasileiro já no próximo fim de semana, como as equipes já haviam planejado em reunião na entidade semana passada, sem a presença do Flamengo. A informação sobre a articulação foi publicada na noite desta terça-feira pelo site "Uol".

Segundo apurou a reportagem do GLOBO, o movimento retrata um ambiente hostil dos clubes nunca antes visto, tanto com o Flamengo como com o STJD.

"Basta ter palavra e cumprir o ajustado na reunião dos clubes", ponderou um dos dirigentes envolvidos nas discussões.

"Quem manda no campeonato são os clubes, não o STJD", ameaçou outra fonte.

A CBF havia deixado em aberto a possibilidade de adiamento dos jogos pois haveria interferência sobre os direito de terceiros adquirentes de propriedades comerciais da competição, em função das transmissões dos jogos.

As tratativas sobre o ofício incluem o Grêmio, que seria beneficiado já no próximo fim de semana, pois enfrentaria o Flamengo com torcida no Maracanã pelo Brasileiro. O Palmeiras é outro clube forte nos bastidores para o adiamento. O problema é que as datas para repor os jogos no futuro serão escassas.

O Flamengo já tomou conhecimento da movimentação e não vai se manifestar. O clube comemorou a vitória desta terça no STJD, em que o presidente Otávio Noronha indeferiu o pedido de 17 clubes e da CBF e não derrubou a liminar que autoriza o Flamengo a ter torcida no jogo contra o Grêmio pela Copa do Brasil.

A Prefeitura do Rio liberou 35% da capacidade do Maracanã, que será palco de evento-teste e no fim de semana teria 40% de sua arquibancada disponível. Na Libertadores, dia 22, o Flamengo jogará com 50% de público, mais de 35 mil torcedores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos