Após desativar Instagram, Britney Spears diz que faz pausa nas redes para curtir noivo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Sem aviso prévio, o perfil oficial da cantora Britney Spears no Instagram foi desativado na terça-feira. Fãs ficaram preocupados, mas a artista esclareceu horas depois que decidiu apenas passar um tempo longe das redes sociais para celebrar o noivado e pretende retonar com as postagens em breve. A estrela do pop anunciou que foi pedida em casamento pelo ator e personal trainer Sam Asghari no domingo.

"Não se preocupem...estou apenas dando um tempo nas redes sociais para celebrar meu noivado! Volto em breve", escreveu no Twitter.

No Instagram, ela postou um vídeo exibindo o novo anel ao lado do companheiro. Os dois estão juntos há quatro anos. Os rumores sobre o noivado circulavam há mais de uma semana, quando Sam foi flagrado em uma joalheira de Beverly Hills, nos Estados Unidos.

No dia 10, ele alegou que seu perfil numa rede social foi hackeado após a imagem de um anel de diamante ter sido compartilhada e logo em seguida apagada. Na joia era possível ler a palavra "leoa", apelido que o ator deu à Britney.

Em comunicado à revista People, o agente de Sam, Brandon Cohen, disse que o casal está muito feliz por poder confirmar a notícia e "tocado pelo apoio e amor que estão recebendo". Cohen informou ainda que a joia é uma criação do designer Roman Malayev.

"Ele disse não poderia ficar mais feliz por fazer parte da história do casal e criar este anel único", ressaltou a nota.

Tutela

O ano de 2021 tem sido de altos e baixos na vida da cantora. Aos 39 anos, Britney tenta retirar o pai, Jamie, de sua tutela há mais de um ano. Desde 2008, ele controla a vida e o dinheiro da cantora. A tutela foi estabelecida quando a artista começou a apresentar problemas de saúde mental em meio ao assédio agressivo de paparazzi, e ela chegou a perder a custódia dos filhos.

Segundo Britney, o pai teria a impedido de se casar e engravidar. Em depoimento realizado em junho, ela classificou a decisão judicial que permitia que seu pai continuasse no controle como "abusiva, idiota e constrangedora" e se recusou a se apresentar novamente enquanto ele permanece no cargo. Horas antes de se apresentar ao tribunal, Britney chegou a ligar para a polícia de Ventura, na Califórnia, onde mora, para denunciar a situação.

No início do mês, o advogado da artista, Mathew Rosengart, revelou que Jamie estaria exigindo um pagamento de cerca de US$ 2 milhões (R$10 milhões na cotação atual) para deixar a tutela. Na terça-feira, Jamie entrou com um pedido na Justiça americana para deixar o posto. O pedido será analisado, e a próxima audiência do caso está marcada para 29 de setembro.

“Se a Sra. Spears deseja encerrar a tutela e acredita que pode cuidar da própria vida, o Sr. Spears acredita que ela deveria ter essa chance", disse o documento entregue no Tribunal Superior de Los Angeles.

No entanto, ele não estaria de fato decidido a acabar com a sua tutela. Segundo fontes que falaram com o site TMZ, este seria um blefe seu para diminuir os ataques que anda sofrendo e ainda agradar a filha. Estas fontes teriam dito que Jamie acredita que a saúde mental de Britney está piorando, e não anda melhor, depois dos 13 anos de tutela.

Ao longo do processo, alegou que agiu apenas "no interesse de sua filha, para reconstruir suas finanças e protegê-la de pessoas que tentam explorá-la". Portanto, o pedido feito por ele à Justiça dos Estados Unidos seria para o encerramento da tutela sem uma avaliação mental, o que ele acredita que não será aceito pelo juiz. Desta maneira, ele conseguiria um alívio das críticas que tem sofrido do movimento que ficou conhecido como Free Britney, ou Britney Livre.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos