Após detenção, Liga Mexicana diz que futuro de Daniel Alves no torneio está em análise

A Liga BBVA MX, responsável pela primeira divisão do Campeonato Mexicano de Futebol, se pronunciou sobre o caso do Daniel Alves, que foi detido nesta sexta-feira, em Barcelona, ao se apresentar para prestar depoimento a respeito da acusação que responde por suposto assédio sexual.

Em nota oficial, a Liga afirma que, juntamente com o Pumas — clube em que Daniel Alves atua —, definirá sua situação no futebol do México assim que for conhecida a situação jurídica do jogador. A equipe mexicana ainda não se pronunciou sobre o caso.

"Sobre o caso do jogador do Club Universidad Nacional (Pumas), Dani Alves, preso na cidade de Barcelona nesta sexta-feira, a Liga MX informa que, juntamente com o Club Universidad Nacional, estará monitorando o caso e a situação legal do jogador para determinar o que é propício em termos de participação na liga", disse a Liga MX em nota oficial.

A noite do suposto caso de assédio

A polícia foi chamada ao local, mas ao chegar lá o jogador já havia ido embora.

Após a denúncia

A defesa do jogador

Depoimento e detenção