Após direito de resposta a Lula, Nikolas Ferreira debocha de Alexandre de Moraes

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 30.08.2022 - O presidente do TSE, ministro Alexandre Moraes. (Foto: Gabriela Bilo/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 30.08.2022 - O presidente do TSE, ministro Alexandre Moraes. (Foto: Gabriela Bilo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após publicar nas redes sociais uma retratação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o deputado federal eleito Nikolas Ferreira (PL-MG) debochou do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, na noite desta quinta-feira (27).

"Feita a minha retração do PT, o Alexandre de Moraes não vai se importar com as 100 fotos dele de Mickey que postei logo depois. Um abraço", escreveu Nikolas.

O deputado eleito realmente publicou no Twitter 100 fotos de um homem que aparenta ser Moraes mais jovem com orelhas do personagem Mickey Mouse, da Disney.

As imagens foram postadas em sequência, logo após o texto com o direito de resposta concedido pelo TSE a Lula sobre um vídeo que o associa a drogas, ditaduras, perseguição religiosa e homicídios.

O vídeo que motivou a retratação citava uma série de crimes e, na sequência, dizia "faz o L", em referência a Lula. "Quando as igrejas forem fechadas, padres forem perseguidos e proibirem de professar a sua própria fé, faz o L", afirmou o parlamentar em um trecho do vídeo questionado pela campanha do PT.

A manifestação de Lula contra o vídeo deve ficar no ar por sete dias nas redes de Nikolas, sob pena de multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

O influenciador Felipe Neto reagiu à tentativa de Nikolas de esconder a retratação a Lula e fixou a publicação no topo do seu perfil no Twitter.

"Ele tentou esconder o post, mas a gente vai lembrar todo dia que o chupeta é um mentiroso, agora com provas oficiais disso", afirmou.