Após discussão, bomba é lançada dentro de uma casa em Barretos (SP), e mata criança de 4 anos

·1 min de leitura

Uma criança de 4 anos, chamada Aylla Manuella Ribeiro da Piedade, morreu após ser atingida por um explosivo lançado dentro de sua casa, em Barretos (SP), neste sábado (25). Em imagens captadas por uma câmera de segurança, é possível ver um jovem arremessando o objeto, o que, segundo familiares da vítima, teria ocorrido após o pai de Aylla reclamar de barulho de outras bombas lançadas na rua.

Os pais ainda levaram a criança para o hospital, mas ela não resistiu, e veio a óbito na madrugada deste domingo (26). As imagens da câmera de segurança, obtidas pelo G1, mostram o momento em que Aylla é carregada, no colo, para fora da casa, e o desespero dos pais e dos vizinhos.

O suspeito pelo ocorrido foi identificado como um adolescente de 14 anos e o caso foi registrado como ato infracional de lesão corporal culposa pela Polícia Civil de São Paulo. No boletim de ocorrência, foi informado, ainda, que a casa do adolescente foi incenciada por moradores revoltados com a morte da menina, durante a madrugada. Até o início da tarde desta segunda, o suspeito ainda não havia se apresentado na delegacia.

Segundo um tio de Aylla, o jovem lançou o explosivo intencionalmente na direção da casa porque o pai de Aylla havia, pouco antes, reclamado do barulho que o suspeito e outros amigos estavam fazendo na rua, com outras explosões. O artefato teria caído no quarto onde a menina dormia.

Com G1

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos