Após dois meses de diminuição no ritmo de geração de vagas, governo registra 324,1 mil empregos criados em novembro

·1 min de leitura

BRASÍLIA — O Ministério do Trabalho divulgou nesta quinta-feira que o país criou 324.112 vagas de emprego em novembro. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e reúne o total de admissões e desligamentos mensalmente.

O número de novembro veio depois de dois meses em que o ritmo de criação de empregos vinha caindo. Depois de 375.284 vagas em agosto, o segundo maior número para um mês do ano, setembro registrou 318.051 e outubro, 241.766.

O saldo de novembro foi resultado de 1.772.766 admissões e 1.448.654 desligamentos.

No mês passado, o Ministério do Trabalho revisou os números do Caged e 2020 passou a ter fechamento líquido de vagas. No final do ano passado, o governo comemorou a criação de vagas em um ano de pandemia.

Inicialmente, o governo divulgou, em janeiro deste ano, que o saldo de empregos em 2020 havia sido de 142.690 vagas, fruto de 15.166.221 admissões e de 15.023.531 desligamentos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos