Após explosão de Covid-19, companhias suspendem cruzeiros no Brasil até 21 de janeiro

·1 min de leitura

A Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (CLIA Brasil) interrompeu nesta segunda-feira as operações em portos brasileiros após surto de Covid-19 no interior das embarcações. A decisão vale até 21 de janeiro. Até a data, nenhum passageiro poderá embarcar e os cruzeiros em curso devem terminar os itinerários pré-estabelecidos.

Segundo o comunicado, as empresas buscam se alinhar ao governo federal, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aos estados e aos municípios. A temporada de cruzeiros pode ser cancelada se não houve adequação entre eles.

“A suspensão temporária e voluntária ocorre com efeito imediato para novas partidas e nenhum hóspede será embarcado até o dia 21 de janeiro. Os cruzeiros atuais vão finalizar os seus itinerários conforme planejado”, diz a nota.

Mais cedo, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que o governo avaliava possíveis alterações nas regras para cruzeiros, sem explicitar quais. As diretrizes para entrada no país são decididas em conjunto pelos ministérios da Casa Civil, da Saúde, Justiça e Segurança Pública e da Infraestrutura, com assessoramento da Anvisa.

A agência orientou que o Ministério da Saúde suspendesse a temporada de cruzeiros com base em "dados epidemiológicos nacionais e mundiais, especialmente sobre o aparecimento e a transmissão em território nacional da variante Ômicron", informou em comunicado. Dois navios foram interditados no fim do ano devido a surtos de Covid-19.

“Nas últimas semanas, as duas companhias de cruzeiros afetadas experimentaram uma série de situações que impactaram diretamente as operações nos navios, tornando a continuidade dos cruzeiros neste momento impraticável. Além disso, a incerteza operacional causou inconvenientes significativos para os hóspedes que contavam com suas férias no mar com rígidos protocolos de segurança”, justificou, em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos