Após incêndio em ocupação em Santa Cruz, fotógrafa lança livro com renda revertida para ex-moradores

·2 minuto de leitura

A fotógrafa Tatynne Lauria costuma dizer que, apesar de seus quase sete graus de hipermetropia, nunca deixou de ver a realidade com outros olhos. Dedicada aos registros documentais desde que fez uma viagem ao Peru, em 2009, e sentiu necessidade de traduzir em imagens o que vivia, a moradora da Barra da Tijuca se viu no começo deste ano diante de um novo desafio. Ela já vinha acompanhando há sete meses o cotidiano da ocupação Unidos Venceremos, na comunidade Jesuítas, em Santa Cruz, quando os casebres de madeira foram destruídos pelo fogo. Acordada com a notícia, após o susto e a tristeza ela decidiu transformar o projeto numa forma de ajudar aquelas pessoas que perderam o pouco que tinham. Produziu, com seus próprios recursos, um livro com mais de 190 imagens, “Ocupação”, que conta a história da Unidos Venceremos e já está disponível para venda, por R$ 89,90, no site tatynne.com.br. A renda líquida será doada às famílias vítimas do incêndio. A partir de amanhã, o site também terá uma exposição sobre o assunto, com 40 das fotografias que estão no livro.

—Sempre falei para eles que ia montar uma exposição com os registros que estava fazendo lá. Mas aí pensei que era hora de eles terem lugar de fala, pois são muitas famílias abandonadas socialmente — diz a fotógrafa de 42 anos.

O primeiro contato de Tatynne com a ocupação aconteceu em julho de 2020. Em meio à pandemia, os moradores da comunidade organizaram uma manifestação contra a prefeitura, na Avenida Brasil, para reivindicar moradia digna. Na época, o local abrigava mais de 200 famílias, que dividiam barracos de madeira e dois banheiros comunitários. O convite para registrar a manifestação veio da organização do projeto Buscando Ajuda para Sonhos Executáveis (Base), que atua na região levando doações de alimentos para as famílias.