Após mau tempo adiar viagem, avião com Mourão consegue decolar para a Antártica

Elcio Braga, enviado especial
O local preparado para a cerimônia de reinauguração da Estação Antártica Comandante Ferraz, que deve acontecer nesta quarta-feira

ANTÁRTICA — O avião Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB) que levará a comitiva do goveno brasileiro para a inauguração da nova base brasileira na Antártica decolou às 14h nesta quarta-feira (15) do Aeroporto de Punta Arenas, no extremo sul do Chile, em direcão à base chilena Eduardo Frei, na Ilha Rei George.

A aeronave traz o vice-presidente Hamilton Mourão e os ministros Marcos Pontes, da Ciência e Tecnologia, e Fernando Azevedo, da Defesa, além de representantes de vários órgãos do governo.A solenidade de reinauguracão da Estação Antártica Comandante Ferraz foi confirmada para esta quarta-feira, mas adiada para às 20h30.

As péssimas condições do tempo haviam impedido que a solenidade ocorresse ontem. O mau tempo impediu que a pista da base chilena, usada pela FAB, tivesse visibilidade para pouso.O evento contará com 100 convidados e será realizado na área externa da estação. A previsão na hora do evento é de temperatura a 0°C, ventos de 24 km/h, com rajadas de 36 km/h, e sensação térmica de até -17°C. Por isso, a cerimônia deverá durar no máximo meia hora.Pela manhã, a estação recebeu a visita de membros da tripulação de um navio de turismo, o Ocean Adventures. Eles não ficaram para a cerimônia, mas deram um pequeno presente para a base: uma caixa cheia de frutas frescas, verdadeira raridade na Antártica.