Após morte, Marília Mendonça passa Taylor Swift e Adele como a cantora mais ouvida do mundo no streaming

·1 min de leitura

O primeiro balanço do Spotify desde a morte da cantora e compositora Marília Mendonça já evidencia o impacto que a tragédia teve na procura por suas músicas. Se até sexta-feira ela tinha 20 canções no ranking top 200 do Spotify Brasil, no sábado esse número quase quadruplicou. Agora, são 74 músicas.

Três delas estão entre as dez mais tocadas do país — as duas primeiras, "Esqueça-me se for capaz" e "Todo mundo menos você", são do recém-lançado EP "Patroas 35%", uma colaboração de Marília com as amigas Maiara e Maraisa.

A goiana foi, inclusive, a artista feminina mais ouvida no Spotify em todo o mundo no sábado, com 28,6 milhões de reproduções no total, quatro milhões a mais que a segunda colocada, Taylor Swift. Ela ainda superou Doja Cat, Adele, Dua Lipa, Billie Eilish no ranking.

No YouTube, a seção "Em alta" aponta os vídeos mais vistos na rede social nas últimas horas. No momento da publicação desta matéria, Marília Mendonça estava envolvida em sete dos vídeos, com destaque para o clipe de "Fã clube", também do projeto Patroas, que foi lançado na sexta-feira, horas antes do acidente aéreo que vitimou Marília e outras quatro pessoas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos