Após negativo em teste, Dybala volta a dar positivo para COVID-19


Paulo Dybala e sua namorada, Oriana Sabatini, voltaram a testar positivo para o novo coronavírus. Após serem considerados curados do COVID-19 por um teste que deu negativo, os dois o refizeram após três dias e o resultado foi que ambos estavam com o vírus.

- Em 21 de março, meu namorado e eu fizemos um teste e o resultado foi positivo. Três dias atrás eu fiz outro teste, que deu negativo. Agora, pela manhã, fiz outro, que deu positivo. Portanto, ainda estou com o COVID-19. Quase não temos sintomas. Nos sentimos muito bem - explicou Oriana em seu Instagram.

O caso de Dybala é raro e envolve uma incerteza da a comunidade científica pois não é possível ter certeza se alguém pode contrair o vírus duas vezes. Neste caso, existe a possibilidade de o teste que deu 'negativo' ter sido inconclusivo ou os anticorpos do jogador não terem imunizado totalmente o corpo durante a recuperação.

- Não sei como funciona e por que foi negativo e depois positivo. Ouvi dizer que pode ser um falso negativo. Isso prova o quão pouco sabemos sobre o vírus. Achamos que fomos infectados pelo contato do meu namorado com seu parceiro (Daniele Rugani) que deu positivo. Isso seria errado, porque os 15 dias teriam passado e não faria sentido continuar - completou.