Após ofensas machistas, jogadores do Real Madrid fazem corrente de apoio a goleira do time feminino

·1 minuto de leitura

Goleira do time feminino do Real Madrid, Misa Rodríguez ganhou apoio dos colegas nesta quarta-feira, após sofrer com insultos machistas em seu perfil no Twitter. Acompanhando a vitória por 3 a 1 da equipe contra, o Liverpool, pelas quartas da Champions League, na terça-feira, a jogadora foi atacada após uma postagem sobre a partida.

Rodríguez fez uma postagem comparando uma foto sua com a de Marco Asensio, autor do segundo gol merengue na partida. Nas imagens, ambos comemoravam de forma semelhante, puxando suas camisetas. "Mesma paixão", escreveu a jogadora.

Foi o suficiente para que ela recebesse uma enxurrada de ofensas machistas, muitas delas de cunho sexual e irreproduzíveis. Misa acabou apagando a postagem.

Nesta quarta-feira, o próprio Asensio mostrou apoio à colega de profissão. O meia-atacante fez uma postagem igual à da goleira, adicionando uma mensagem de apoio: "Que nada nem ninguém te impeça de dizer o que sente".

A postagem ganhou versões de jogadores do elenco do clube, como Vázquez, Vinicius Junior, Casemiro, Marcelo e até de um ex-Bernabéu, o meia Granero. Veja algumas delas: