Após perderem pênaltis pela Inglaterra, Rashford e Saka são vítimas de racismo nas redes sociais

·1 minuto de leitura

A Itália venceu a Inglaterra nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação e conquistou a Eurocopa 2020, em Wembley. Nas penalidades, Donnarumma brilhou mais uma vez, e defendeu as cobranças de Marcus Rashford, Jadson Sancho e Bukayo Saka. Dois deles, porêm, foram vítimas de racismo nas redes sociais.

Rashford entrou aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação e errou a terceira cobrança da Inglaterra na decisão. Diversos posts com mensagens de macaco foram vistas nas publicações do atacante do Manchester United.

A mesma coisa aconteceu no perfil de Bukayo Saka, do Arsenal. Ele desperdiçou a quinta cobrança da Inglaterra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos