Após polêmica de fala de Karol Conká, Globo diz que não vai refazer a prova Bate e Volta do 'BBB21'

Extra
·1 minuto de leitura

Depois da prova Bate e Volta, em que Karol Conká se livrou do Paredão, a cantora conversou no quarto com brothers e disse que ficou reparando nas mangueiras para decidir o número que iria escolher. Segundo ela, algumas estavam plugadas e outras não, e que era só reparar para vencer. A mangueira certa, de número 17, fez com quem caisse água nos outros dois que disputavam a prova, Juliette e Arcrebiano.

Reproduzindo esse vídeo nas redes sociais, muitos fãs começaram a pedir que a Rede Globo refizesse a prova, visto que ela era de sorte e não teria sido decidida assim. A Globo, no entando, confirmou que as mangueiras da prova não eram conectadas ao chuveiro e que a prova continua valendo.

O próprio perfil oficial no Instagram do Arcrebiano, que disputou a prova com ela, cobrou uma nova realização da Bate e Volta.

"Tiago autorizou Karol a 'confirmar' se a mangueira de número 20 já havia sido aberta, sendo que quem tem que ter esse controle é ele. Lá, ela fixou o olho na mangueira 17 e viu algo, ela teria que escolher a mangueira na FLECHA", escreveu a equipe dele, se referino à flecha, que era o lugar de onde os participantes escolhiam o número da rodada. A postagem ainda marcou e pedia que os fãs cobrassem do apresentador, Tiago Leifert, e do diretor geral, Boninho.

Um dos internautas chegou a publicar um vídeo do "BBB8", em que o então apresentador Pedro Bial pede para o participante Xandão deixar o quarto do líder, já que os últimos participantes da prova de resistência tiraram na sorte quem seria o vencedor. Quem assumiu o posto dele foi Talita, que tinha sido a última a sair da prova, antes deles.