Após postagens nas redes sociais, PMs que faziam segurança de rapper Orochi são presos por porte ilegal de arma

Dois policiais militares do 5º BPM (Praça da Harmonia) e do 7º BPM (São Gonçalo) foram presos por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, em Búzios, na Região dos Lagos, na madrugada desta quinta-feira. Os PMs faziam a segurança do rapper Flávio Cesar Costa de Castro, conhecido como Orochi, e foram flagrados com uma espingarda calibre 12 camuflada, cuja imagem foi postada pelo cantor nas redes sociais. Nas imagens, ele e amigos aparecem dançando com o armamento, em uma casa alugada na Praia de Geribá.

Entenda o caso: Orochi: após postagem nas redes sociais, polícia busca armas em barco e casa de rapper em Búzios; veja vídeo

Inusitado: Pudim é atingido por bala perdida no réveillon: 'Foi um livramento', diz mulher que viu a cena

De acordo com as investigações da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), as publicações da espingarda foram feitas por Orochi em alguns stories de sua conta no Instagram. Diante dos vídeos, os agentes da especializada obtiveram um mandado judicial de busca e apreensão para o endereço onde o cantor passava férias com amigos.

Investigações: Polícia pede o arquivamento de investigações contra modelo Bruno Krupp pelo estupro de três mulheres

Ao chegarem na residência e não localizarem o artista, os policiais foram até o barco onde ele estava. Levados a 127ª DP (Búzios), Orochi e outros três homens informaram que a espingarda era de um dos militares, que tinha o registro legalizado da mesma. O segundo segurança, também PM, se apresentou como o dono do carro onde estava a arma. Os dois foram autuados em flagrante e a eles foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 5 mil, o que permite que respondam em liberdade pelo crime.

Veja vídeo: Motorista de ônibus é preso por atropelar, arrastar e matar bombeiro de propósito em Copacabana

Um amigo de Orochi, o produtor musical Matheus Portugal, que trabalha com o também rapper Marlon Brandon Coelho Couto Silva, o MC Poze do Rodo, foi identificado como quem aparece nos vídeos segurando a espingarda. Ele não estava na casa, mas será indiciado também pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Foi constatado também que Matheus Neves era quem estava dançando nos vídeos.

Na Zona Sul: Garotos de programa roubam, agridem e dopam vítimas em golpe do ‘boa noite, Cinderela’ no Rio

Na residência foram encontradas algumas drogas, como maconha, ecstasy e loló. Segundo a Desarme, as gravações do sistema interno de segurança do imóvel foram apreendidas e será verificado se Orochi ou algum outro amigo portou a arma de fogo durante a estadia no local.

Em Copacabana: Golpista é preso após enganar e dar prejuízo a modelos em hotel cinco estrelas