Após prata em Tóquio, Rayssa Fadinha volta a estudar e recebe homenagem

·1 minuto de leitura

Após conquistar uma medalha de prata na Olimpíada de Tóquio, a skatista Rayssa Leal, também conhecida como Fadinha, de 13 anos, voltou para a escola em Imperatriz, no Maranhão. Ela foi surpreendida com uma homenagem: uma das paredes do colégio recebeu um grafite com sua representação.

No Instagram, ela postou um agradecimento e disse que estava com saudades do colégio, dos professores e dos amigos:

"A minha escola sempre me incentivou e estive ao meu lado durante toda a minha trajetória. É muito bom estar de volta. Obrigada! Vocês foram essenciais para a conquista desse sonho", disse a atleta.

A turma do 8º ano do ensino fundamental promoveu uma recepção calorosa para a menina, que tratou de sentar logo na primeira fileira para prestar bastante atenção ao conteúdo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos