Após proibição, brasileiros vão de terno a cinema para ver 'Minions'; entenda

A moda que surgiu no Tik Tok ganhou forma no Brasil. Um grupo de adolescentes de Londrina, no Paraná, assistiu ao filme "Minions 2: a origem de Gru", no cinema do Catuaí Shopping, vestido de terno. A prática foi difundida nas redes sociais como uma brincadeira entre jovens e passou a ser proibida em várias salas do Reino Unido.

Nova novela: 'Travessia', que substituirá 'Pantanal', é gravada em palácio em Portugal; veja fotos

Entrevista: João Gordo: 'Sou um ser humano em construção e um fdp em desconstrução'

Na campanha espontânea surgida na internet, os fãs da franquia — que se autointitulam "The Gentleminions" ("Os Minions gentis", em tradução livre) —vão ao cinema com a mesma roupa para reproduzir o estilo do personagem Felonius Gru enquanto tentam também agir como ele. Os jovens então batem palmas e gritam durante determinadas cenas da produção recém-lançada nas telonas, filmando tudo com os celulares para depois postar a algazarra nas redes, é claro.

Devido às reclamações de outros espectadores, cinemas britânicos proibiram a entrada de jovens vestidos com terno nas salas. "Devido a um pequeno número de incidentes em nossos cinemas no fim de semana, tivemos que restringir o acesso aos cinemas em determinadas circunstâncias", explicou um porta-voz da rede de cinemas Odeon, de Londres.

Caso Daniella Perez: relembre o crime que chocou o país e que vai virar série no streaming

No Twitter e no Tik Tok, grupos de brasileiros articulam movimentos parecidos por outras cidades. "Eu achei sensacional a ideia. Me lembrou quando eu fazia esse tipo de zoeira com meus amigos nessa idade. Boa, gurizada", escreveu um usuário do Twitter.

Único cinema na ilha anglo-normanda de Guernsey, o The Mallard suspendeu a exibição do filme devido ao "comportamento incrivelmente incorreto" de alguns grupos. O diretor do cinema, Daniel Phillips Smith, explicou à BBC que alguns jovens espectadores "falaram palavrões, atiraram objetos" e brigaram com outros espectadores durante as sessões.

Produtora apoia ações

Filme de animação que a produtora Universal atrasou dois anos devido à pandemia, "Minions 2: a origem de Gru" explora as origens do personagem principal da franquia que, desde o primeiro filme , "Meu Malvado Favorito" (2010), arrecadou US$ 3,7 bilhões em bilheteria, segundo o site especializado IMDB.

Lançado na última quinta-feira (30) em cinemas de todo o mundo, o filme remonta ao início de Gru, o vilão fracassado desta saga que, ainda adolescente e cercado por um exército de "Minions", procura integrar-se a um grupo de bandidos: o Vicious 6.

Por sua vez, a Universal aprovou a enxurrada de jovens, tuitando: "Para todos que aparecem para 'Minions' de terno: nós vemos vocês e amamos vocês". E, numa postagem no TikTok que soma 35,6 milhões de visualizações, a conta oficial do filme na plataforma deixou um comentário bem-humorado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos