Após protesto com cobranças, estafe de Victor Sá afirma que jogador segue no Botafogo

Durante o protesto realizado por integrantes de uma torcida organizada do Botafogo no CT Lonier, o atacante Victor Sá foi um dos mais cobrados. Como o treino estava marcado para o período da tarde, somente jogadores que faziam trabalho no departamento médico estavam no Centro de Treinamento.

Após o acontecido em que o jogador ficou "assustado", como definiu o staff do atleta, chegou a ser cogitado que ele pedisse para deixar o clube, o que foi negado. Segundo pessoas que trabalham com o atacante, não houve pedido para deixar o clube. Uma nota oficial deve ser publicada em breve.

Além disso, mesmo após realizar tratamento no departamento médico, o jogador deve participar normalmente do treino desta quarta-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos