Após quase 4 meses, navio Ever Given começa, finalmente, a sair do Canal de Suez

·2 minuto de leitura

SUEZ, EGITO — Com uma cerimônia para assinatura do acordo, o cargueiro Ever Given começou, finalmente, a sair do Canal de Suez nesta quarta-feira (dia 7), onde estava detido há quase quatro meses. O navio de 400 metros, um dos maiores porta-contêineres do mundo, estava no Grande Lago Amargo, no Egito, desde que foi desencalhado, no fim de março.

A embarcação ficou encalhada apenas seis dias. Mas a Autoridade do Canal de Suez, responsável pela hidrovia, impediu que o navio seguisse adiante até que seu proprietário lhe pagasse uma indenização por danos durante o bloqueio do canal.

As negociações com a dona do navio, a japonesa Shoei Kisen, e suas seguradoras, se estenderam por semanas, até a assinatura do acordo. Um rebocador com capacidade para puxar embarcações com até 75 toneladas será entregue à autoridade do canal como parte do acerto.

A saída do navio foi acompanhada por um repórter da Reuters, a bordo de um barco. O cargueiro, que transporta cerca de 18,3 mil contêineres, será escoltado por dois rebocadores e guiado por dois pilotos experientes enquanto atravessa o canal, uma das vias navegáveis mais movimentadas do mundo, em direção ao Mediterrâneo.

Cerca de 15% do tráfego marítimo mundial transita pelo Canal de Suez, que é a rota marítima mais curta entre a Europa e a Ásia.

A responsável pelo Canal chegou a exigir US$ 916 milhões em compensação para cobrir esforços de salvamento, danos à reputação e perda de receita, mas o pedido foi reduzido para US$ 550 milhões.

No meio dessa disputa, estavam os 25 tripulantes de origem indiana, que também ficaram detidos na embarcação, reféns de um conflito multimilionário envolvendo o navio de bandeira panamenha, propriedade de uma holding japonesa e operada por uma empresa alemã.

Para retirar o navio, que parecia uma baleia encalhada, na opinião de alguns analistas, foram necessários seis dias, praticamente uma operação de guerra. Dragas de sucção especial foram usadas para mover entre 15 mil a 20 mil metros cúbicos de areia e lama, o equivalente à capacidade de oito piscinas olímpicas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos