Após racha, ACM Neto tenta convencer Rodrigo Maia a ficar no DEM

Natália Portinari, Bruno Góes e Paulo Cappelli
·1 minuto de leitura
Givaldo Barbosa / Agência O Globo

BRASÍLIA —Abandonado na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados por seu próprio partido, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ex-presidente da Casa, vem dizendo que quer deixar o DEM. O presidente do partido, ACM Neto, tenta convencê-lo a ficar, mas a relação entre os dois se deteriorou às vésperas da eleição da Mesa Diretora da Câmara nesta segunda-feira. Maia também tem sido convencido a não agir no calor dos acontecimentos. PSDB, Cidadania e PSL são siglas que poderiam receber o ex-presidente.

Maia culpa ACM Neto por ter sido abandonado pela bancada do DEM e alega ter sido traído. Os deputados da sigla optaram por ficar neutros na disputa entre Arthur Lira (PP-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP), candidato de Maia, pela presidência. Aliados de Neto, porém, argumentam que o presidente do partido é que impediu que os deputados aderissem de vez à candidatura de Lira.