Após reclamação de Matarazzo, Russomanno apaga publicação distorcida em que dizia ter o apoio do adversário

CAROLINA LINHARES
·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 05.08.2020 - Retrato do pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PSDB, Andrea Matarazzo, no centro histórico de São Paulo. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 05.08.2020 - Retrato do pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PSDB, Andrea Matarazzo, no centro histórico de São Paulo. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHARPESS) - Após reclamação de Andrea Matarazzo (PSD), Celso Russomanno (Republicanos) apagou a publicação feita em suas redes sociais, na sexta (30), em que usava uma imagem do adversário fora do contexto e dizia ter seu apoio.

Na imagem original, Matarazzo aparecia com as duas mãos espalmadas e pedia votos para sua legenda, de número 55. A campanha de Russomanno republicou a mesma imagem e trocou a legenda: "Matarazzo é 10! Russomanno agradece". O número 10 representa o Republicanos.

A campanha de Matarazzo informou à Folha de S.Paulo que processaria o adversário por espalhar fake news. O próprio Matarazzo chegou a comentar a publicação de Russomanno e pedir que ele a apagasse, o que foi feito.

Em suas redes sociais, Matarazzo reclamou da situação. "Russomanno, que coisa feia! Diz defender o consumidor, mas quer enganar o eleitor! Espalhando fake news", publicou.