Após repressão à aglomeração, bares fecham as portas com medo de serem autuados

Giovanni Mourão
·2 minuto de leitura

O desfile de aglomerações e de desrespeito às regras sanitárias tomou conta da cidade. Como se não existisse pandemia, bares e rodas de samba em ambientes fechados ficaram lotados em Madureira. Na Lapa, estabelecimentos foram multados e interditados por aglomeração e consumação de bebidas alcoólicas em pé, sendo necessário o uso da força policial para dispersar o público que se aglomerava na rua, num bloco improvisado.Após a repressão, vários bares da região fecharam as portas com medo de também serem autuados.

Em Madureira, por volta de 22h de domingo, quem passava pelas imediações do Shopping Popular conseguia escutar o som alto de dentro do estabelecimento, que recebeu centenas de pessoas num evento gratuito. Despreocupadas e sem máscara, elas entravam e saíam do espaço fechado com seus copos de cerveja sem serem incomodadas, uma vez que não havia viaturas da Guarda Municipal e da Polícia Militar nos arredores. Do lado de fora, a festa continuava, com a aglomeração se espalhando pelas ruas, com público majoritariamente de adultos.

Enquanto isso, os mais jovens ocupavam pontos da Lapa. A Avenida Mem de Sá estava lotada às 23h. Entre 23h e meia-noite, a ação da prefeitura multou e interditou duas rodas de samba no bairro: o Beco do Rato, na Rua Joaquim Silva, e o Leviano’s, na Avenida Mem de Sá. Os estabelecimentos receberam duas multas cada, por aglomeração e por consumação em pé. Ambos foram interditados.

Enquanto o EXTRA acompanhava as ações, foliões tentavam intimidar a equipe de reportagem com empurrões e ameaças. Logo após as interdições, em protesto contra a ação de fiscalização, um público com cerca de 200 jovens, segundo a Secretaria de Ordem Pública (Seop), fez um bloco improvisado, ocupando duas das três pistas da Mem de Sá. Com o apoio da Polícia Militar, os guardas e os agentes da Vigilância Sanitária conseguiram dispersar o grupo . Desde sexta-feira, foram 40 autos de infração e 22 interdições na cidade, além de nove apreensões.