Após rumores de insatisfação, Donnarumma volta a ficar no banco do PSG; Juventus monitora a situação

·1 minuto de leitura

Não está fácil a vida do goleiro Giangluigi Donnarumma no PSG. Melhor jogador da Euro e contratado com status de estrela, o jogador de 22 anos tem recebido poucas oportunidades na meta parisiense. O italiano voltou a ficar no banco na vitória por 2 a 0 sobre o Montpellier, neste sábado.

A escolha de Pochettino acontece na mesma semana em que o jornal italiano "Corriere della Sera" e outros veículos relataram uma suposta insatisfação do goleiro com seu momento no clube. Segundo as publicações, Donnarumma esperava ganhar mais espaço do que o que vem recebendo, mesmo com uma pesada concorrência com Keylor Navas.

O goleiro da seleção italiana atuou apenas em duas partidas nesta temporada, nas vitórias contra Clermont e Lyon, ambas pelo Campeonato Francês. Sofreu apenas um gol.

O site "CalcioMercato" diz que o goleiro e seu empresário Mino Raiola já manifestaram a insatisfação, enquanto o "Football Italia" garante que a Juventus estaria entre os clubes que monitoram a situação, e pode tentar um negócio por empréstimo ou em definitivo na próxima janela de transferências.

Donnarumma deixou o Milan após não chegar a um acordo por uma renovação de contrato. No PSG, recebe cerca de 12 milhões de euros (75 milhões de reais) anualmente. Enquanto aguarda por uma nova chance, o PSG volta a campo na terça-feira, quando enfrenta o Manchester City, em grande jogo pela Champions League.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos