Após sair criticado do Barcelona, Suárez se emociona ao conquistar a La Liga com o Atlético de Madrid

·1 minuto de leitura

Saiu dos pés de Luis Suárez o gol da virada sobre o Valladolid que garantiu o 11º título da La Liga para o Atlético de Madrid. Oito meses após deixar o Barcelona sobre críticas, o uruguaio se tornou o herói da partida e desabou de chorar após o apito final.

Com a roubada de bola no meio de campo que gerou o segundo gol dos Colchoneros na vitória por 2 a 1, Suárez ajudou a quebrar neste sábado um jejum de sete anos do Atletico sem títulos de La Liga. O atacante ainda foi eleito o melhor em campo e marcou ao todo 21 gols no campeonato.

Depois do jogo, visivelmente emocionado, Suárez agradeceu a oportunidade no clube de Madrid após ter sido "menosprezado" pelo Barcelona.

— O Atlético me abriu as portas. Por isso sempre serei agradecido ao clube por confiar em mim — disse o jogador na saída de campo após a conquista do título.

Suárez foi anunciado pelo Atlético de Madri em setembro, após ser dispensado pelo antido clube. Em entrevista à revista France Football, Suárez admitiu que a decisão de atuar pela equipe colchonera foi motiada pela sua vontade de provar o seu valor após as mágoas com o Barcelona.

— Senti que não estava nos planos. Com todo o meu orgulho, disse a mim mesmo que iria provar o meu valor. E é por isso que me senti atraído por jogar no Atlético de Madri — disse Luisito na época.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos