Após ser alvo de operação do MP, Flávio Bolsonaro se reúne com o pai no Alvorada

Jussara Soares
O senador Flavio Bolsonaro (sem partido-RJ) 02/07/2019

BRASÍLIA — Após ser alvo da operaçao do Ministerio Público nesta quarta-feira, o senador Flávio Bolsonaro chegou ao Palácio da Alvorada nesta tarde para se reunir com o pai, o presidente Jair Bolsonaro. O encontro não consta na agenda oficial.

Flávio cruzou o portão do Alvorada com o carro oficial Senado por volta das 17h30. Vinte minutos depois, às 17h50, o presidente Bolsonaro chegou e desceu na frente da residência oficial, onde o filho o aguardava.

Leia também

O MP cumpriu um mandado de busca e apreensão na loja da franquia Kopenhagen da qual o senador é sócio, no Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca. Na ação, foram apreendidos documentos contábeis do estabelecimento.

Segundo testemunhas, os policiais chegaram a arrombar a loja para entrar, porque não havia ninguém no local. Funcionários que trabalham próximo à Kopenhagen afirmaram que, quando chegaram para o serviço, havia cerca de 15 homens do MP na loja. Eles foram embora por volta das 10h.

Flávio e a mulher, Fernanda, são proprietários da empresa Bolsotini Chocolates e Café Ltda, que teve o sigilo quebrado pela Justiça em maio.

Queiroz e de ex-assessores de Flávio

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços de ex-assessores de Flávio tanto na capital como em Resende, no Sul do Estado do Rio. As medidas cautelares foram pedidas na investigação sobre lavagem de dinheiro e peculato (desvio de dinheiro público) no âmbito do antigo gabinete do senador quando era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio. Foram alvo das medidas cautelares os endereços de Fabrício Queiroz, ex-chefe da segurança de Flávio, seus familiares e ainda parentes de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro.