Após ser baleado e receber alta, vereador Zico Bacana passa mal e volta a hospital

·2 minuto de leitura

Após ser baleado de raspão na cabeça e receber alta do Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na madrugada desta terça-feira, o vereador Zico Bacana (Podemos) passou mal na tarde de hoje e foi levado de novo para um hospital na Barra da Tijuca. O vereador e candidato à reeleição foi baleado , na noite de segunda-feira, quando estava em um bar em Anchieta. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do parlamentar.

Na madrugada, após sair do hospital, o vereador contou que foi vítima de uma tentativa de homicídio. O parlamentar participou durante a tarde de segunda de uma partida de futebol em Ricardo de Albuquerque, bairro vizinho, e estava num bar no momento em que teria acontecido o ataque.

O vereador passou a madrugada na Delegacia de Homicídios, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, prestando depoimento e na saída falou com a equipe do Bom Dia Rio, da TV Globo, sobre a ação. Segundo o candidato, ele não vinha sofrendo ameaças de vida, mas acredita que foi uma tentativa de homicídio. Zico Bacana ainda disse que tudo aconteceu muito rápido e não viu de onde partiram os disparos.

– Eu só queria deixar bem claro, o parlamentar não pode ficar passando por isso, o parlamentar é para o povo, é para ajudar a população. Em momento algum, ele pensa que isso vai acontecer com ele porque ele quer o bem da população e faz o seu melhor. E infelizmente isso tá acontecendo com vários outros políticos durante esses meses aí - lamentou.

Segundo testemunhas, os bandidos chegaram às 20h em dois carros e começaram a efetuar os disparos contra o vereador. Além do parlamentar, outras quatro pessoas também foram baleadas, sendo que duas não resistiram e morreram no local. Um deles é um criminoso que integrou a ação e o outro um cliente que estava no mesmo bar. Investigadores seguem buscando outras informações que ajudem a localizar os outros integrantes do crime.