Após sofrer ataques racistas, Ludmilla reativa redes sociais e desabafa: 'Eu sou humana'

·1 minuto de leitura

Ludmilla está de volta! Na madrugada desta sexta-feira, a funkeira reativou as redes sociais para celebrar o Natal. A cantora estava afastada da internet desde a última semana, quando sofreu ataques racistas. No Instagram, a artista publicou uma foto comemorando o feriado ao lado da família e compartilhou um desabafo sobre o ódio recebido nos últimos dias.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

''Essa é a força que me mantém em pé todos os dias. O ódio do outro, às vezes, me afeta sim. Eu sou humana. Eu me permito não ser forte o tempo todo. Mas, como eu disse, esse ódio não é meu, então eu deixo que ele tome o caminho dele. E aí me lembro o quanto os olhares, os sorrisos e os abraços deles fazem a diferença na minha vida. Obrigada, família!'', escreveu a artista.

E ela também agradeceu ao apoio recebido nas redes sociais desde que foi vítima de ofensas racistas: ''E obrigada a todos que movimentaram as redes sociais me mandando apoio, cada fã, cada artista e, principalmente, cada pessoa preta. Tô de volta. E mais forte. Feliz natal pra vocês! Amor sempre.''

Na semana passada, Ludmilla desativou todos os perfis nas redes sociais depois de sofrer uma série de ataques racistas. Em último pronunciamento, a cantora afimrou que, embora estivesse se afastando, tomaria medidas legais contra todos os ofensores. ''Mas estou tirando print de tudo porque isso é crime e vai pagar um por um", declarou ela.

Diversos artistas mostraram apoio à Ludmilla. Paulo Gustavo, Cacau Protásio, Jéssica Ellen foram apenas algumas das celebridades que compartilharam fotos da cantora em suas redes sociais, exaltando seu talento.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube