Após três paradas cardíacas, cantor Maurílio segue em estado grave, mas para de receber medicação sedativa

·2 min de leitura

O cantor Maurílio, de 28 anos, segue internado na UTI do Hospital Jardim América, em Goiânia, após ter sofrido três paradas cardíacas na madrugada da última quarta-feira. O estado de saúde do artista segue grave, mas apresenta melhora clínica progressiva, segundo o último boletim divulgado nesta sexta-feira. Ele respira com ajuda de aparelhos e tem seus sinais vitais monitorados a todo tempo, mas parou de ser sedado.

"Conforme previsto pela equipe, foram desligadas as medicações sedativas, com o intuito de realizar avaliação das condições neurológicas. (O paciente) segue em hemodiálise, algo já esperado pela equipe de nefrologia e apresenta resposta favorável das funções renais e melhora dos sinais vitais, precisando cada vez menos de medicações para esta finalidade. Segue aos cuidados de equipe multidisciplinar com resposta promissora ao tratamento instituído até o momento", diz o boletim do hospital, que, na quinta-feira, descartou realizar uma cirurgia no cantor no momento.

Maurílio, de 28 anos, dupla de Luiza, passou mal ainda durante a gravação do DVD de Zé Felipe e Miguel, em Goiânia, na última terça-feira, dia 14. O cantor teve um mal súbito quando o show se encerrou.

Quando foi internado, o artista ficou em ventilação mecânica. Ele deu entrada apresentando fortes dores no peito e com dificuldades para respirar. Maurílio foi diagnosticado com tromboembolia pulmonar. A doença é um trombo (o mesmo que um coágulo) que obstrui os vasos pulmonares, fazendo com que o sangue não chegue a uma das partes do pulmão.

— Ela causa como se fosse um infarto pulmonar, podendo levar a morte de uma área do pulmão — explica o médico Danilo Klein, do Hospital Gaffrée e Guinle, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio).

Família passou a noite no hospital

A família do sertanejo passou a noite no hospital. Luana Gomes, esposa do artista, mostrou frases de incentivo presentes na sala de acolhimento às famílias, e pediu aos amigos que continuassem as orações.

"E, acima de tudo, tenham amor, pois o amor une perfeitamente todas as coisas", diz a mensagem postada por Luana: "Continuem orando".

Médico do artista, Wandervam Azevedo falou sobre uma melhora em índices respiratórios de Maurílio.

"As partes clínica e a respiratória deram uma melhorada. Por exemplo, ontem [15], o respirador eletrônico chegou a fornecer 80% de oxigênio e, hoje [16], caiu para 60%, o que é um bom sinal"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos