Após vaga na Libertadores, Fluminense usa premiação de R$ 42,7 milhões como novo objetivo e inicia caça contra São Paulo

Após conquistar a vaga na Libertadores de 2023 e o acesso direto à fase de grupos, a sensação é de que a temporada do Fluminense chegou ao fim e os próximos três jogos pelo Campeonato Brasileiro servem apenas para cumprir tabela. Não é bem assim. Hoje, diante do São Paulo, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã, o tricolor dá início a busca por um número especifico: o de R$ 42,7 milhões É esse o valor máximo que o tricolor ainda pode somar em premiação no torneio.

Já é certo que o Palmeiras, campeão deste ano, levará os R$ 45 milhões referentes ao primeiro colocado para casa. Mas não estão definidas as posições finais dos clubes da segunda colocação para baixo. Os R$ 42,7 milhões são o objetivo do Fluminense a partir de agora porque é a quantia dada para o segundo colocado. Se para outros clubes da parte de cima da tabela a diferença de alguns milhões pode parecer bobagem, faz toda a diferença para o planejamento tricolor visando 2023.

Neste momento, o Fluminense ocupa a quarta colocação com 61 pontos. Nesta rodada, dependendo da melhor combinação de resultados possível, o tricolor pode ultrapassar o vice-líder Internacional, que enfrenta o Athletico no Beira Rio, e o terceiro colocado Flamengo, que enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira. Caso vença e os rivais direto tropecem, a segunda colocação cairá no colo do tricolor.

Outro ponto é que, se terminar a competição pelo menos em terceiro lugar, o Fluminense irá alcançar a meta de premiação estipulada para a temporada — o clube ainda tem condições de bater a meta orçamentária, que é de R$ 67,2 milhões (no momento somou R$ 26,9 milhões).

No momento, falta apenas o valor do Brasileiro, mas o Fluminense já somou R$ 5,5 milhões da pré-Libertadores, R$ 4,3 milhões da fase de grupos da Sul-Americana e R$ 16,8 milhões até a semifinal da Copa do Brasil. Vale lembrar que o clube foi campeão carioca, porém a competição não teve premiação. Resta, então, R$ 40,3 milhões, e caso termine em terceiro receberá R$ 40,5 milhões.

Já para o torcedor do Fluminense, há outra motivação. Caso conquiste mais uma vitória nos três jogos que restam, o tricolor igualará as temporadas com mais triunfos neste século XXI: 2002 e 2012. Atualmente, o Fluminense soma 40 vitórias e terá três rodadas para tentar repetir as 41 dos respectivos anos, ou até superá-los. Até o momento foram vendidos cerca de 30 mil ingressos para a partida.