Após viralizar com 'Tá na hora do Jair', compositor lança música sobre protestos contra resultado das eleições: 'Patriotário'

Depois do sucesso de "Tá na hora do Jair já ir embora", que se tornou a música mais ouvida do país no Spotify no dia 30 de outubro, quando o resultado das eleições saíram, Juliano Maderada tem divulgado outras composições novas em suas redes sociais. Uma delas é "Patriotário", que fala, e mostra imagens no clipe, sobre os protestos contra a eleição de Lula nas urnas.

"Eu sou patriotário, eu sou patriotário. Ainda tô esperando a volta do Bolsonaro. Eu sou patriotário, eu sou patriotário. Eu tô pagando mico por causa do Bolsonaro", diz o refrão.

Nas redes sociais, muita gente cantou, dançou e usou "Ta na hora do Jair já ir embora", composição de Maderada e Tiago Doidão, para comemorar a vitória do petista sobre Jair Bolsonaro (PL) nas eleições presidenciais. Até a ex-candidata Simone Tebet (MDB), que apoiou Lula no segundo turno, e a apresentadora Xuxa embarcaram nessa.

— A gente nem sabia que ia tomar essa dimensão. Eu estava muito apreensivo com a votação, mas, agora que está tudo certo, está começando a cair a ficha do sucesso da música — contou Maderada, de 48 anos, que nasceu em Goiás, mas mora na Bahia há 40 anos, ao EXTRA.